Archive for julho \10\UTC 2010

Top 5: Freaks do MMA

10/07/2010

O termo freak é usado para descrever pessoas consideradas esquisitas, seja por apresentarem comportamentos diferentes, ou pelo seu aspecto físico. Na nossa sociedade, assim como na fábula do patinho feio, os chamados freaks são geralmente excluídos. Tudo o que os lutadores freaks querem é fazer parte de um grupo que os aceite. E isso eles encontraram no Japão, onde determinadas organizações de MMA se especializaram em oferecer abrigo e trabalho para estes indivíduos. Não é de causar espanto, considerando que lá é possível comprar calcinhas usadas de colegiais em máquinas iguais as de refrigerante. Os freaks do MMA tem em comum uma constituição física “avantajada”, no sentido horizontal, vertical ou em ambos, e pouquíssima desenvoltura nas artes marciais. Mas para certos públicos, o verdadeiro espetáculo está em assistir um gigante de 225kg enfrentar um homem de 80kg.

Akebono

Americano do Hawaii, naturalizado japonês, Akebono era um consagrado lutador de sumô antes de se apresentar no MMA.  Um dia, à beira da falência, recebeu uma proposta de lutar pela organização de kickboxing K1, com a promessa de quitar suas dívidas. Em 13 apresentações (entre lutas de kickboxing e MMA), perdeu 12, e ganhou apenas uma. Akebono enfrentou nomes como Royce Gracie, Don Frye, e quase todos os demais integrantes desta lista.

Giant Silva

O brasileiro Paulo César da Silva, é um ex jogador de basquete de 2,18m. Lutou pelo Pride e K1. Reza a lenda que treinou com membros da família Gracie, e de fato, as duas vitórias de sua carreira, de um total de oito lutas, foram por finalização. Depois de uma experiência desastrada no MMA, resolveu ganhar a vida nos espetáculos de Luta Livre de mentirinha.

Bob Sapp

Sapp começou sua carreira esportiva como jogador de futebol americano.  Não conseguindo se destacar, trocou a bola oval pela luva de quatro onças. Sapp fez sua estreia no MMA em 2002, lutando no Pride. O ex jogador de futebol americano soube aproveitar seu tamanho (Sapp pesa 160kg) e força física para se sobrepor aos oponentes,  e conseguiu um cartel melhor que muitos lutadores renomados: em 18 lutas de MMA, venceu  11. Sapp continua a se apresentar, e sua próxima luta está marcada para o dia 18 de julho, no evento australiano Impact FC. E é claro, possui performances memoráveis no cinema.

Choi Hong-man

O sul-coreano é mais conhecido por suas lutas no K1, nas quais enfrentou grandes nomes da organização como Remy Bonjasky e Badr Hari. No MMA enfrentou ninguém menos que Mirko Cro Cop  e Fedor Emelianenko (perdeu para os dois, obviamente). Choi mede 2,18m e sua estatura se deve a um tumor na glândula pituitária, que provocou o crescimento anormal. Um fato curioso sobre Choi é que ele iniciou recentemente uma carreira musical, formando uma dupla com uma modelo de seu país. Os dois se apresentam sob o nome de A Bela e a Fera. Se você gosta de sentir vergonha alheia, clique aqui.

Butterbean

Eric “Butterbean” Esch é, entre todos os integrantes desta lista, o lutador mais gabaritado. Butterban é um experiente boxer, com 77 vitórias, num total de 89 lutas. No MMA, seu cartel é de 23 lutas, com 15 vitórias. Isso tudo apesar de seus quase 200kg, distribuídos em 1,89m de altura. Estreou no MMA em 2003, lutando no K1 (sempre eles), e teve passagens pelo Pride e Cage Rage. Butterbean participou do filme Jackass, lutando contra Johnny Knoxville (principal astro da série) dentro de uma loja de departamentos, diante dos olhares perplexos dos clientes. Confira o castigo sofrido por Knoxville, e alguns dos KO’s espetaculares protagonizados pelo rotundo boxeador.

Brock Lesnar atrás das grades

05/07/2010

Na noite de sábado, dia 03 de julho, Brock Lesnar realizou os sonhos mais íntimos de Dana White, mantendo o cinturão dos pesados do UFC. Afinal, Lesnar é um dos maiores recordistas de pay-per-view da organização.

O que muitos não sabem é que, em 2001, o campeão andou frequentando outras grades, que não eram as do octógono. Brock Lesnar foi preso no estado do Kentucky por posse de esteróides. De acordo com a polícia, o ex-astro da WWE foi detido após receber um pacote que continha “grande quantidade de esteróides” (eu ficaria mais surpreso se o pacote contivesse jujubas, mas isso não vem ao caso). Curiosamente, as acusações contra o atleta foram retiradas apenas quatro meses após a prisão. Testes indicaram que os medicamentos em posse de Lesnar não eram, de fato, esteróides. Entretanto, uma fonte ligada à polícia afirmou que tratava-se de “algum tipo de hormônio do crescimento”. Brock se defendeu, alegando que o material apreendido não passava de vitaminas (quem diria, um Centrum com hormônios na composição).

Como as leis americanas com relação ao hormônio do crescimento são nebulosas, o caso foi arquivado, mas a história rendeu uma foto para a posteridade.

Brock Lesnar's Mug Shot

Brock Lesnar posa para fotos

Fonte: The Smoking Gun

 

Separados na Maternidade

02/07/2010

Tenho dois hábitos quando assisto eventos de MMA que ajudam a tornar o esporte ainda mais divertido. Um deles é beber cerveja. O outro é imaginar com quais pessoas, ou personagens, os lutadores se parecem. É impressionante como podemos encontrar semelhanças (ainda mais depois de algumas latas de cerveja). Às vezes, esses sósias parecem irmãos gêmeos que foram separados na maternidade. Aliás, alguns lutadores poderiam explorar isso como uma fonte de renda alternativa. Segue a lista das semelhanças mais impressionantes do MMA.

1. Spencer Fisher x Leprechaun

 

2. Ben Rothwell x Gordo da série “My Name is Earl”

 

3. Chael Sonnen x Garoto do filme “Sexto Sentido”

 

4. Dan Severn x Freddy Mercury

 

5. Hermes Franca – Boneco Troll

 

6. Kenny Florian x Ben Stiller

 

7. Jacob Volkmann x Mr. Bean

 

8. Antonio “Pezão” Silva x Shrek

 

9. Keith Jardine x Techno Viking (fenômeno da Internet)

 

10. Dustin Hazelett x Matisyahu (músico)